Por que não comprar um mailing pronto?

 

NewsletterNo início de 2014 adquirimos um mailing com aproximadamente 10 mil contatos segmentados para um trabalho que estávamos começando com um de nossos clientes. A empresa que contratamos para prestar o serviço em questão era, aparentemente, profissional e confiável. Recebemos o material, realizamos o pagamento e, a partir desse momento, as dores de cabeça começaram.

 

Logo no início percebemos contatos que não tinham relação com o ramo que havíamos solicitado. Pedimos que isso fosse corrigido imediatamente e, a muito custo, nos enviaram uma nova listagem (com uma quantidade inferior ao que foi contratado). Após disparos de algumas campanhas, percebemos que elas estavam tendo uma baixa eficácia e o índice de e-mails inexistentes estava alto. Nossa opção foi, então, conferir todos os endereços eletrônicos cadastrados no mailing (um por um). Para a nossa surpresa, encontramos e-mails como: alguem_especial15@itelefonica.com.br, ci_mamae@hotmail.com e jusley_gata@imsn.com.br.

 

Após dias de conversas, discussões e requerimentos, fomos ressarcidos, porém recebemos desaforos por parte da empresa – provando que o respeito ao cliente não existia naquela corporação.

 

Em seguida contratamos uma nova prestadora de serviços dessa área. Utilizamos o novo mailing por um bom tempo, mas percebemos que o resultado não estava satisfatório e, da mesma forma, tivemos que conferir todos os contatos que tínhamos em nossa listagem. Mais uma vez, para a nossa surpresa, encontramos e-mails como: m1232035734@itelefonica.com.br, boca2273@hotmail.com e thalitinha_1000@hotmail.com.

 

Por outro lado, temos um cliente que construiu o mailing apenas com contatos adquiridos e autorizados em seu dia a dia, via loja física e redes sociais. As campanhas enviadas para essa listagem conseguem atingir uma eficácia de visualização de mais de 20% (para quem conhece o ramo, sabe que essa porcentagem é extremamente alta e satisfatória).

 

Após essa breve ilustração, indicamos que, ao planejar as suas campanhas via e-mail marketing, você tome alguns cuidados e siga algumas dicas, conforme abaixo.

 

1.Tenha uma ferramenta de captação de e-mails em sua loja física – pode ser um caderno ou um arquivo de Excel no computador. Para isso, explique o que vocês enviam nas campanhas, qual a frequência e solicite autorização para cadastrar o contato do cliente;

 

2.Tenha uma forma de captação de e-mails em seu site. Para isso, peça ao responsável pela programação de sua página digital para que inclua um espaço opcional para que os visitantes se cadastrem para receber a campanha;

 

3.Informe periodicamente o seu público das redes sociais de que vocês possuem uma campanha de e-mail marketing e indique como os interessados podem se cadastrar para receber o material;

 

imagem site_2

 

4.Contrate uma empresa de disparo de e-mail marketing que tenha credibilidade e reconhecimento. Não corra o risco de não ter suas campanhas entregues, de ver seus e-mails sendo direcionados para Spam ou de ter o seu domínio incluído em uma Black List;

 

5.Mantenha a periodicidade de suas campanhas, transparecendo profissionalismo e comprometimento com seus clientes. Dizer que os e-mails serão enviados semanalmente e disparar a cada 10 dias, por exemplo, trará descontentamentos. Além disso, não se esqueça de fornecer a opção de cancelamento (caso alguém se desinteresse pelo conteúdo) e coloque os seus contatos com destaque nas campanhas.

 

Esperamos que nossas dicas os ajudem a conquistar ainda mais credibilidade e sucesso no mercado!

 

Gostou do texto?

Se sim, comente, curta e compartilhe clicando nos ícones abaixo!

Fique ligado em nossos próximos artigos!

🙂

 

Autora:

ana luiza panazzolo_notus

 

 

 

 

 

Ana Luiza Panazzolo é jornalista (MTB 64.887) e diretora de planejamento da Nótus Comunicação.

 

2 Comments

  1. Ana Luiza, você pode contar com nossa empresa Fornecemos amostra do mailing para testes antes de efetivar a compra. Cadastre em nossa ferramenta online sem custo.
    Bjos

    • notuscom

      Olá Sr. Ricardo.
      Agradecemos pelo comentário.
      Qualquer necessidade entraremos em contato.
      Abraços

Deixe seu comentário